UAI
Conecte-se conosco

Aparelhos Celulares

Pixel 5: Smartphone possui recarga sem fio mesmo com corpo de alumínio

Novo aparelho da Google já esta em pré-venda, com tecnologia 5G e a possibilidade e recarga sem fio.

Publicado a

em

Ontem na quarta-feira (30/09) o Google anunciou o Pixel 5 com um diferencial de seus concorrente. Uma traseira de alumínio e recarga sem fio, criando muitos questionamentos em volta da possibilidade desse recurso, já que normalmente a recarga não acontece em carcaças de metal.

Tecnologia do Pixel 5

A aparência da traseira parece ser totalmente uniforme, criando a impressão de ser feita completamente de alumínio.

É necessário entender que materiais metálicos interferem nas ondas que possibilitam o envio de informações dos mais variados tipos, desde as redes de dados móveis ou mesmo a recarga sem fio. Neste caso o alumínio e qualquer outro metal atrapalha o campo eletromagnético responsável pelo carregamento por indução, por isso as fabricantes costumam colocar traseira em vidro, cerâmica ou até plástico em celulares com esse recurso.

Publicidade

Com o objetivo de amenizar os custos do Pixel 5 e ainda entregar um aparelho resistente e elegante ao toque (o que não costuma acontecer em materiais plásticos), o Google optou por um acabamento em alumínio.

Para ser possível o carregamento por indução, a empresa decidiu fazer uma abertura nessa peça de alumínio e o preencheu com um plástico especial na área onde fica o sensor da recarga sem fio.

Dessa forma uma área da traseira do Pixel 5 não é metálica, mas sim de “bioresina”, um plástico ultrafino. Somente deve ser sensível ao toque para quem pegar o aparelho, pois visualmente parece ser uma superfície de metal.

Caso tenha interesse, o Pixel 5 já está em pré-venda em mercados selecionados com preço sugerido de US$ 699 (em torno de R$ 3.945), mas ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Pixel 5

Tela: de 6 polegadas,

Processador: chipset Snapdragon 765G,

Memória: 8 GB de memória RAM

Armazenamento: 128 GB

Bateria: 4.080 mAh.

Entusiasta por games e Tecnologia desde muito jovem, sempre estive atento as novidades que permeiam esse universo. Também trabalho com Publicidade e propaganda, com foco na criação de artes gráficas.

Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 4 =

Aparelhos Celulares

Huawei: Novo sistema operacional HarmonyOS estará disponivel para mais de 100 milhões de dispositivos

O programa de redução das taxas era para começar oficialmente em janeiro, mas agora em dezembro alguns desenvolvedores já receberam esse desconto.

Publicado a

em

2021 aguarda muitas novidades, e uma delas é o novo sistema operativo da Huawei, o HarmonyOS, que será usado por 100 milhões de dispositivos. Pelo menos é p que empresa espera ao fazer esse anúncio durante o Huawei Developer Day, na China.

Segundo a Huawei, a versão beta do HarmonyOS 2.0, disponível há duas semanas, tem interessado o mundo e seus desenvolvedores.

“Estamos a procurar trabalhar com mais desenvolvedores e parceiros para um cenário de ganha-ganha” ,explicou Yang Haisong, um dos vice-presidentes da Huawei.

HarmonyOS trabalhando com mais de 40 marcas

Novo sistema pretende competir com Android

A Huawei disse junto ao objetivo de estar presente em mais de 100 milhões de dispositivos, que também esta trabalhando com mais de 40 marcas. O objetivo é que os seus serviços, dispositivos ou aplicações funcionem normalmente com telefones que executem esse sistema operativo.

O HarminyOS não é apenas um sistema para Smartphones, mas também pretende trabalhar com mais de 120 fabricantes de eletrodomésticos e mais de 20 fabricantes de todos os tipos para criar produtos em 2021 para o seu sistema.

Semelhante ao EMUI 11, o HarmonyOS é a iniciativa da Huawei ficar independente do Android. Mas espera-se que a Huawei mude a interface antes de chegar à versão final. Afinal, a beta apenas está disponível para os desenvolvedores. É uma forma de portar as suas aplicações e verificar se tudo está a funcionar corretamente.

Fonte: Noticias de Tecnologia

Continue Lendo

Aparelhos Celulares

Samsung: Galaxy S20 FE é o novo top linha de entrada da empresa

Novo game também vai trabalhar com captura de movimento de atores famosos.

Publicado a

em

A Samsung acaba de anunciar oficialmente a chegada do seu novo top de linha de entrada, o Galaxy S20 FE em terras brasileiras. Até então ele estava presente em mercados exteriores trazendo uma proposta mais acessível, comparada aos demais modelos da linha lançada no inicio desse ano.

Características do Galaxy S20 FE

Novo Galaxy estará disponível em 6 cores diferentes

Como já era esperado o modelo mantém seu alto desempenho, utilizando o chipset mais avançado da Samsung no Brasil, o Exynos 990, que faz parte da linha S20 quanto a Note 20.

As principais diferenças no corpo do modelo, estão no acabamento feito de plástico na traseira, em detrimento do vidro que acompanha os modelos mais caros. Por ser um aparelho com proposta mais jovem, o Galaxy S20 FE tem mais opções de cores, todas com acabamento fosco.

Como estamos falando de um modelo de entrada, sua tela é FullHD, com tamanho menor que os S20 Plus e S20 Ultra.

A RAM também cai de 12 GB para 8 GB, mas em compensação o display possui uma taxa de atualização de 120Hz.

Para ouvir musicas e videos, o som é estéreo além de possui proteção IP68 contra água e poeira.

A bateria desse novo galaxy tem 4500 mAh, com carregador de 25W embarcado na caixa, o mesmo que recarrega os tops de linha.

Caso esteja interessado em tirar boas fotos ou videos, suas câmeras são bem equipadas, pois a principal vem equipada com sensor de 12 MP (f/1.8), uma grande-angular com sensor de 12 MP (f/2.2) e uma telefoto com sensor de 8 MP (f/2.4). Para a câmera frontal as selfies serão capturadas pelo sensor de 32 MP (f/2.2).

Disponibilidade no Brasil

Galaxy S20 FE já esta em pré-venda

No mercado internacional a Samsung havia anunciado o Galaxy S20 FE por US$ 699 (aproximadamente R$ 3982,00 em conversão direta). Já no Brasil o modelo já encontra-se em pré-venda até o dia 12 de novembro, com retirada antecipada no dia 11 para evitar aglomerações. No mercado brasileiro o modelo de 6 GB de RAM / 128 GB de armazenamento sairá por R$ 4499,00, enquanto o de 8 GB de RAM 256 GB de armazenamento por R$ 4999,00.

As duas versões contemplam o beneficio de retirar um voucher de R$ 700 para investir em produtos Samsung.

Continue Lendo

Aparelhos Celulares

Apple: Procon de SP notifica a empresa sobre a falta do carregador junto ao smartphone

Notificação se dá por conta da decisão da Apple de não incluir na embalagem o carregador do Smartphone, apenas o cabo USB-C.

Publicado a

em

Nesta ultima terça-feira (27/10) o Procon-SP notificou a Apple, com o objetivo de gerar explicações sobre a decisão de retirar o carregador dos novos iPhones 12 e 12 Pro

Decisão da Apple

Iphone 12

A Apple revelou ao mundo sua nova família iPhones 12. Essa aguardada linha de smartphones trouxe algumas mudanças significativas, mas uma das principais foi a notícia de que a Apple iria dar um fim ao carregador na caixa do iPhone.

A decisão foi explicada por Lisa Jackson, vice-presidente de Meio Ambiente, Política e Iniciativas Sociais da própria Apple.

Segundo ela, a medida visa amenizar o impacto da produção dos aparelhos no meio ambiente, com uma grande redução da emissão de gás carbônico (CO2) na atmosfera.

O grande problema dos consumidores, é o fato de terem de comprar o item separadamente, sabendo que no Brasil, um carregador custa em média R$ 219 na loja oficial da empresa.

Notificação do Procon-SP

Fundação do Procon-SP

O Procon-SP solicitou que a Apple esclareça os motivos de sua decisão, apresentando alternativas que a empresa pretende oferecer ao consumidor para carregar o novo aparelho, além de a estimativa de tempo para o carregamento e como vai funcionar a garantia de cada item.

No próprio site da fabricante do iPhone, eles afirmam que os consumidores podem usar carregadores que já possuem ou comprar os acessórios separadamente.

Entretanto, o que vai contra essa decisão é que a maioria dos acessórios antigos tem entrada USB-A, enquanto todos os celulares virão com cabo USB-C. Somente o iPhone 11 Pro e 11 Pro Max foram vendidos com adaptador de tomada com porta especificada acima.

O órgão pediu que a empresa respondesse esses questionamentos em até 72 horas, contados a partir de terça-feira. Mas a assessoria de imprensa do Procon-SP relatou que a companhia pediu uma extensão do prazo, e que devem responder até dia 9 de novembro.

Até o momento a Apple declarou não irá comentar sobre o caso.

Continue Lendo

Mais lidas +

Gadz © 2017 - E-mail para contato: contato@gadz.com.br